Portugal pede apoio à China para adquirir equipamento e produtos médicos

2 April 2020

O governo da China está disponível para ajudar Portugal a adquirir no país equipamento e outro tipo de produtos médicos necessários para ajudar a combater o novo vírus corona, disse o ministro chinês dos Negócios Estrangeiros Wang Yi ao seu homólogo português Augusto Santos Silva, informou a agência noticiosa chinesa Xinhua.

No decurso de uma conversa telefónica que teve lugar a pedido das autoridades portuguesas, o ministro chinês adiantou a Santos Silva estar consciente de que a pandemia de Covid-19 está-se a espalhar rapidamente na Europa e adiantou que a a China, enquanto parceiro estratégico de Portugal, “respeita a tradição de apoio mútuo.”

“A China irá ajudar Portugal a adquirir os materiais de que necessita na China, mesmo tendo em conta a procura elevada que se verifica internamente, muito particularmente para se evitar o aparecimento de uma segunda vaga de Covid-19”, disse Wang Yi a Santos Silva.

O ministro chinês dos Negócios Estrangeiros disse ainda ao seu homólogo português que a China está disposta a partilhar com Portugal a sua experiência de prevenção e controlo do Covid-19, “o que poderá ser feito através de uma ligação à distância.”

Santos Silva saudou a China pelos progressos que obteve na luta contra a epidemia e acrescentou que Portugal está disponível para aprofundar a cooperação com a China na luta em comum contra o novo vírus corona.

“A epidemia na China foi efectivamente controlada e os equipamentos médicos produzidos na China são muito importantes para que a Europa possa lutar contra a pandemia”, disse Santos Silva, citado pela agência noticiosa.

O ministro português dos Negócios Estrangeiros reafirmou o pedido às autoridades chinesas no sentido de apoiar e facilitar a compra de produtos médicos e acrescentou que o governo português tudo fará no sentido de assegurar a saúde e o bem-estar dos cidadãos e estudantes chineses em Portugal. (Macauhub)

MACAUHUB FRENCH