Medidas adicionais de combate ao Covid-19 entram em vigor em São Tomé e Príncipe

As novas medidas de restrição adoptadas pelo governo de São Tomé e Príncipe em resposta ao aparecimento dos primeiros casos de Covid-19 no arquipélago entram hoje, dia 8 de Abril, em vigor, nos termos de um comunicado divulgado segunda-feira em São Tomé.

O ministro da Presidência disse, na ocasião, ter o Conselho de Ministros decidido a “suspensão de todas as ligações marítimas e áreas entre as ilhas de São Tomé e a do Príncipe, executando as situações de em regência sanitária devidamente autorizadas pelo primeiro-ministro e chefe do governo.”

As medidas adicionais incluem a suspensão das visitas aos doentes internados nos hospitais, centros de saúde, lares de idosos e penitenciária, a entrada em vigor de um horário único na função pública e a redução do número de funcionários.

Incluem igualmente a entrada em vigor de um horário único para as lojas comerciais e supermercados e emcerramento de todos os restaurantes, bares, cafés, pastelarias e roulottes, com excepção dos que tenham serviços de entrega ao domicílio.

Além da adopção destas medidas, que permanecerão em vigor enquanto prevalecer o estado de emergência, o governo decidiu-se pela “activação imediata do centro de isolamento complementar ao Hospital Central, e reforço do stock de medicamentos, consumíveis e reagentes para a pandemia e à outras doenças que ainda enfermam o país.”

Os primeiros quatro casos positivos de infecção com o novo vírus corona foram divulgados segunda-feira na sequência da recepção dos resultados de testes realizados num laboratório de Franceville, Gabão, com o apoio da Organização Mundial da Saúde. (Macauhub)

MACAUHUB FRENCH