China era o maior financiador internacional de Moçambique em 2018

9 June 2020

A China era o maior financiador de Moçambique no final de 2018, detendo 39 por cento da dívida pública externa do estado africano, o equivalente a cerca de US$2,1 mil milhões, revelou O País.

Segundo um relatório do Ministério da Economia e Finanças, a dívida pública de Moçambique atingiu US$12,1 mil milhões no final de 2018, um aumento de 11 por cento, com a componente da dívida externa a subir 8 por cento.

Entre os principais credores externos de Moçambique contam-se ainda o banco suíço Credit Suisse (US$726,5 milhões) e Portugal (US$602,9 milhões), refere o diário moçambicano.

Cerca de 90 por cento da dívida pública externa estava contratada a taxas de juro fixas, mais 2 pontos percentuais do que em 2017, sublinha o relatório.

O Presidente moçambicano Filipe Nyusi revelou em Junho de 2018 que a China iria perdoar a dívida sem juros da nação africana a expirar até ao final do ano, referiu na altura a agência noticiosa estatal moçambicana AIM.

(Fonte) Secretariado Permanente do Fórum para a Cooperação Económica e Comercial entre a China e os Países de Língua Portuguesa:
https://www.forumchinaplp.org.mo/china-the-biggest-lender-to-mozambique-at-end-2018/?lang=pt

MACAUHUB FRENCH