Transporte marítimo sobe devido ao minério de ferro

23 June 2020

O preço dos fretes na movimentada rota entre a América do Sul e a Ásia atingiu, na semana passada, um novo máximo em 2020, com a recuperação da indústria do aço na China a aumentar as exportações de minério de ferro do Brasil previstas para Julho.

O custo do frete em navios de largo porte, conhecidos por “capesize”, entre Tubarão, no sudeste do Brasil, e Qingdao, no leste da China, mais que duplicou em apenas duas semanas, atingindo US$19,65 por tonelada.

A produção de aço na China tem vindo a recuperar gradualmente, esvaziando as reservas de ferro nos portos chineses e levando a uma maior procura por minério brasileiro, refere o portal financeiro Argus Media.

A maior produtora mundial de minério de ferro, a brasileira Vale SA, manteve a previsão quanto à produção para este ano, entre 310 a 330 milhões de toneladas, acima dos 302 milhões de toneladas registados no ano passado, de acordo com o Argus Media.

(Fonte) Secretariado Permanente do Fórum para a Cooperação Económica e Comercial entre a China e os Países de Língua Portuguesa:
https://www.forumchinaplp.org.mo/brazilian-iron-ore-exports-to-china-push-up-freight-rates/?lang=pt

MACAUHUB FRENCH