Regulador brasileiro aprova programa de empréstimos a empresas eléctricas

29 June 2020

A Agência Nacional de Energia Eléctrica (ANEEL) do Brasil aprovou na terça-feira um programa para reduzir o impacto da pandemia da Covid-19 nas tarifas eléctricas do país.

Segundo um comunicado, as empresas do sector eléctrico poderão, através do programa, recorrer a empréstimos bancários com um valor máximo de 16,1 mil milhões de reais (US$3,1 mil milhões).

As empresas terão cinco anos para devolver os empréstimos, concedidos por um grupo de bancos, liderado pelo banco estatal brasileiro Banco Nacional de Desenvolvimento Económico e Social.

O programa agora aprovado permitirá diluir os aumentos nas tarifas de energia eléctrica ao longo dos próximos cinco anos, sublinhou a ANEEL.

Segundo a agência noticiosa Reuters, as maiores eléctricas brasileiras – incluindo a CPFL Energia SA, detida pela empresa estatal chinesa State Grid Corporation – tinham pedido apoio devido a uma queda média de 6,3 por cento nas receitas devido à pandemia.

(Fonte) Secretariado Permanente do Fórum para a Cooperação Económica e Comercial entre a China e os Países de Língua Portuguesa:
https://www.forumchinaplp.org.mo/covid-19-loans-for-brazilian-power-distributors-permitted/?lang=pt

MACAUHUB FRENCH