Petrolífera brasileira inicia operação de plataforma construída na China

30 June 2020

A petrolífera estatal brasileira Petrobras S.A. anunciou o início da extracção de petróleo e gás natural na área de Atapu, na camada do pré-sal nas águas da Bacia de Santos, usando uma plataforma fabricada na China.

A unidade flutuante de produção, armazenamento e trasfega (FPSO, na sigla inglesa) começou a operar no domingo a 200 quilómetros da costa, explorando reservas a 2,3 mil metros de profundidade.

Segundo a Agência Brasil, a unidade – apelidada de Petrobas 70 (P-70) – tem uma capacidade diária de processamento de 150 mil barris de petróleo e 6 milhões de metros cúbicos de gás natural.

De acordo com um comunicado da Petrobras, citado pela agência noticiosa estatal brasileira, esta é a quinta unidade FPSO a ser instalada no Brasil pela petrolífera estatal.

A empresa estatal chinesa China Offshore Oil Engineering Co. construiu a P-70 nos seus estaleiros de Qingdao, no norte da China, avançou em Janeiro a agência noticiosa portuguesa Lusa.

(Fonte) Secretariado Permanente do Fórum para a Cooperação Económica e Comercial entre a China e os Países de Língua Portuguesa:
https://www.forumchinaplp.org.mo/petrobras-puts-chinese-built-fpso-vessel-to-work-off-brazil/?lang=pt

MACAUHUB FRENCH