Macau lista tradições de origem portuguesa como património cultural intangível

3 July 2020

O Instituto Cultural (IC) de Macau anunciou na terça-feira a inclusão de 55 novas manifestações culturais no inventário do património cultural intangível da região administrativa especial chinesa.

As novas manifestações incluem várias tradições de origem portuguesa, nomeadamente a Dança Folclórica Portuguesa, o Arraial de São João e várias procissões da religião católica.

Num comunicado, o IC revelou que a lista contém ainda a confecção de pastéis de nata, a confecção do aluá – parte da gastronomia macaense – e o fabrico e pintura de azulejos portugueses.

A decisão pretende “reforçar a salvaguarda do património cultural intangível de Macau” e “identificar as manifestações deste património que requerem conservação”, sublinhou o IC.

Algumas das manifestações foram propostas por comunidades locais ou a título individual, enquanto outras foram estudadas pelo IC “ao longo dos últimos anos”, refere o comunicado.

O inventário do património cultural intangível de Macau abrange agora um total de 70 manifestações.

(Fonte) Secretariado Permanente do Fórum para a Cooperação Económica e Comercial entre a China e os Países de Língua Portuguesa:
https://www.forumchinaplp.org.mo/macao-counts-portuguese-traditions-as-cultural-heritage/?lang=pt

MACAUHUB FRENCH