Moçambique pede alívio da dívida à China

13 July 2020

Moçambique irá precisar da ajuda da China para lidar com o impacto económico da Covid-19, nomeadamente através do cancelamento, suspensão ou renegociação da dívida, disse a Embaixadora moçambicana em Pequim, Maria Gustava.

A diplomata disse ao jornal China Daily que Moçambique gostaria também de obter da China ajuda financeira ou financiamento em condições favoráveis e assistência alimentar.

Segundo o jornal estatal chinês, Maria Gustava disse acreditar que há novas oportunidades para cooperação entre os dois países, apesar do impacto da pandemia no comércio e investimento bilaterais.

A Embaixadora de Moçambique gostaria de ver mais investimento chinês no futuro, para ajudar o país africano a aproveitar ao máximo os seus recursos naturais ricos e diversos, assim como a mão-de-obra abundante.

A iniciativa chinesa Uma Faixa, Uma Rota poderá ajudar a melhorar as infra-estruturas de transporte no sul de África, dando um novo impulso ao desenvolvimento económico de Moçambique, disse Maria Gustava.

(Fonte) Secretariado Permanente do Fórum para a Cooperação Económica e Comercial entre a China e os Países de Língua Portuguesa:
https://www.forumchinaplp.org.mo/envoy-says-mozambique-will-need-chinese-debt-relief/?lang=pt

MACAUHUB FRENCH