Comércio electrónico chinês representa oportunidade para calçado brasileiro, diz estudo

13 July 2020

Um estudo sobre o mercado chinês identificou o comércio electrónico como a grande oportunidade para aumentar a venda de calçado brasileiro na China.

O comércio electrónico representa mais de 30 por cento das vendas de calçado na China, uma percentagem que aumentou com a Covid-19, disse a Coordenadora de Inteligência de Mercado da Associação Brasileira das Indústrias de Calçados (Abicalçados), Priscila Linck.

Num comunicado divulgado na quarta-feira, a Agência Brasileira de Promoção de Exportações e Investimentos (Apex-Brasil) revelou que o estudo vai ser apresentado a 16 de Julho, num seminário através da Internet e com inscrição gratuita.

Pedro Netto, Analista da Gestão de Inteligência de Mercado da Apex-Brasil, apontou no comunicado uma oportunidade: o aumento da procura na China por calçado com design, tecnologia e sustentabilidade.

O Brasil deve apostar em calçado de maior valor acrescentado, sobretudo nos segmentos infantil, feminino e desportivo, um mercado que está em expansão na China, disse Priscila Linck.

(Fonte) Secretariado Permanente do Fórum para a Cooperação Económica e Comercial entre a China e os Países de Língua Portuguesa:
https://www.forumchinaplp.org.mo/brazilian-shoemakers-advised-to-try-selling-online-in-china/?lang=pt

MACAUHUB FRENCH