Uva de mesa portuguesa espreita mercado chinês

15 July 2020

A empresa Vale da Rosa espera um aumento da procura pelos seus produtos em mercados como a China, Reino Unido, França, Países Baixos e Polónia, disse o Gestor Geral do produtor português de uva de mesa, Joaquim Praxedes.

Para responder a esta procura, a empresa está a ajustar as suas embalagens, substituindo embalagens de grande dimensão por cestos selados a quente, disse o responsável à Fresh Plaza.

A Vale da Rosa, com sede no Alentejo, região do sul de Portugal, está também a converter as suas vinhas, reduzindo a produção de uvas com sementes à medida que mais clientes procuram uvas sem sementes, acrescentou Joaquim Praxedes.

A empresa oferece actualmente mais de 10 variedades de uva sem sementes, mas está a testar novas variedades para responder à procura por este tipo de produto, explicou o responsável ao portal noticioso especializado.

O volume de produção da Vale da Rosa aumentou entre 15 e 20 por cento desde o ano passado graças a condições climatéricas favoráveis, disse ainda Joaquim Praxedes.

(Fonte) Secretariado Permanente do Fórum para a Cooperação Económica e Comercial entre a China e os Países de Língua Portuguesa:
https://www.forumchinaplp.org.mo/portuguese-grower-aiming-to-sell-table-grapes-in-china/?lang=pt

MACAUHUB FRENCH