Empresa chinesa TCL assume controlo de ‘joint-venture’ no Brasil

24 July 2020

A empresa chinesa de electrónica TCL Electronics Holdings Ltd anunciou na terça-feira a conclusão de um acordo para duplicar para 80 por cento a participação na ‘joint-venture’ brasileira SEMP TCL.

O regulador brasileiro da concorrência, o Conselho Administrativo da Defesa Económica do Brasil, aprovou a aquisição, mas só após a redução de 10 para cinco anos de um acordo de não-concorrência entre os accionistas da SEMP TCL, revelou a TCL, num comunicado enviado à Bolsa de Valores de Shenzhen.

No mês passado, a empresa chinesa tinha estimado gastar até 325.4 milhões de reais (US$62,9 milhões) no aumento da sua participação na SEMP TCL, empresa também a operar no ramo da electrónica.

A TCL defendeu que assumir o controlo da parceria vai aumentar a penetração do grupo chinês no Brasil, um mercado com “tremendo” potencial, sendo “um passo crítico” na estratégia de globalização da empresa.

A TCL está optimista quanto ao potencial do mercado brasileiro e já pensa em expandir-se para outros mercados da América da Sul, segundo o Director-Executivo da empresa chinesa, Kevin Wang.

(Fonte) Secretariado Permanente do Fórum para a Cooperação Económica e Comercial entre a China e os Países de Língua Portuguesa:
https://www.forumchinaplp.org.mo/tcl-takes-majority-stake-in-its-brazilian-joint-venture/?lang=pt

MACAUHUB FRENCH