Macau pode atrair obrigações ‘verdes’ lusófonas

Macau e Hong Kong têm potencial para atrair a emissão de títulos de dívida ‘verdes’, associados a investimentos ‘amigos’ do ambiente, por parte de governos e investidores dos Países de Língua Portuguesa.

A sugestão foi dada à Lusa pelo Director da Academia de Economia e Gestão para a Ásia-Pacífico da Universidade de Macau, Jacky So Yuk-Chow.

O economista disse à agência noticiosa portuguesa que, neste âmbito, a história, cultura e presença da língua portuguesa em Macau são vantagens face à vizinha região chinesa de Hong Kong.

A aposta num mercado de finanças e obrigações ‘verdes’ para os países lusófonos ajudaria Macau a diversificar a economia da cidade, acrescentou Jacky So.

O académico lembrou que a Grande Baía Guangdong-Hong Kong-Macau “acumulou muito capital e está a procurar oportunidades de investimento”, algo que pode ser aproveitado pelos Países de Língua Portuguesa.

(Fonte) Secretariado Permanente do Fórum para a Cooperação Económica e Comercial entre a China e os Países de Língua Portuguesa:
https://www.forumchinaplp.org.mo/macao-could-be-platform-for-green-bonds-says-academic/?lang=pt

MACAUHUB FRENCH