Central sino-americana em Moçambique entrega estudo sobre integração eléctrica

7 August 2020

A Ncondezi Energy entregou à Electricidade de Moçambique (EDM) um estudo sobre as opções de integração na rede eléctrica moçambicana de uma nova central a carvão que a empresa pretende construir na província de Tete, no norte de Moçambique.

Num comunicado divulgado na segunda-feira, o Director-Executivo da Ncondezi, Hanno Pengilly, diz que a versão final do estudo identificou várias formas de reduzir os custos das linhas de transmissão de energia e facilitar uma futura expansão.

O responsável referiu ainda que as negociações sobre a tarifa a cobrar à EDM para o fornecimento de energia estão a progredir de forma “positiva”, após a Ncondezi ter entregado em Março passado uma proposta formal de tarifa.

O grupo estatal chinês China Machinery Engineering é um dos parceiros estratégicos do projecto, que foi incluído numa lista de infra-estruturas prioritárias para Moçambique, decidida em conjunto pelos governos da China e do país africano, disse a Ncondezi em Janeiro passado.

(Fonte) Secretariado Permanente do Fórum para a Cooperação Económica e Comercial entre a China e os Países de Língua Portuguesa:
https://www.forumchinaplp.org.mo/grid-integration-plan-delivered-for-mozambican-power-station/?lang=pt

MACAUHUB FRENCH