Brasil pode fornecer vacina chinesa contra Covid-19 à América Latina

11 August 2020

O Instituto Butantan, um centro científico público brasileiro, está em conversações com a Argentina, a Colômbia e a Organização Pan-Americana da Saúde para fornecer uma vacina chinesa contra o novo tipo de coronavírus responsável pela Covid-19.

Segundo a Agência Brasil, a revelação foi feita por Dimas Covas, Director do Instituto Butantan, que coordena os testes clínicos no Brasil da vacina desenvolvida pelo laboratório chinês Sinovac Biotech, que arrancaram no mês passado.

“A perspectiva é que o Butantan, em parceria com a Sinovac, possa ser um grande provedor de vacinas para a América Latina”, disse o responsável à comissão externa da Câmara dos Deputados do Brasil que acompanha as acções de combate à pandemia.

De acordo com a agência noticiosa estatal brasileira, caso os testes decorram de forma positiva, o Instituto Butantan poderá começar a produzir a vacina em Outubro e fornecê-la em todo o Brasil a partir de Janeiro de 2021.

(Fonte) Secretariado Permanente do Fórum para a Cooperação Económica e Comercial entre a China e os Países de Língua Portuguesa:
https://www.forumchinaplp.org.mo/institute-eyes-wider-latin-american-market-for-coronavac/?lang=pt

MACAUHUB FRENCH