Empresas portuguesas na corrida a novo terminal de cruzeiros em Cabo Verde

Duas empresas portuguesas estão no lote de cinco grupos ainda na corrida pela construção de um terminal de cruzeiros na ilha de São Vicente, em Cabo Verde, no âmbito do desenvolvimento de uma nova zona económica marítima, projecto que conta com o apoio da China.

Num comunicado, a Enapor, empresa estatal que gere os portos de Cabo Verde, revela que a portuguesa Conduril Engenharia e o consórcio luso-cabo-verdiano Mota-Engil/Empreitel Figueiredo passaram à fase final do concurso público.

Os cinco grupos têm até 30 de Outubro para entregar propostas técnicas e financeiras para as obras, “que serão executadas em regime de chave na mão”, de acordo com o comunicado citado pela Lusa na segunda-feira.

Segundo a agência noticiosa portuguesa, o terminal terá dois pontões para atracação de navios com mais de 400 metros de extensão e uma vila turística, com capacidade para receber 200 mil turistas de cruzeiro por ano.

(Fonte) Secretariado Permanente do Fórum para a Cooperação Económica e Comercial entre a China e os Países de Língua Portuguesa:
https://www.forumchinaplp.org.mo/portuguese-builders-vie-for-african-cruise-terminal-contract/?lang=pt

MACAUHUB FRENCH