Soja brasileira alimenta subida nas importações chinesas

9 September 2020

A China importou 9,6 milhões de toneladas de soja em Agosto, mais 11 por cento do que em igual mês do ano passado, revelou na segunda-feira a Administração Geral das Alfândegas da China.

Segundo a Reuters, as empresas chinesas de processamento compraram este ano –  devido ao preço baixo – muita soja do Brasil, onde a melhoria das condições climatéricas permitiu uma recuperação da actividade portuária a partir de Março.

Os dados alfandegários revelados na segunda-feira mostram que a China importou 64,74 milhões de toneladas de soja nos primeiros oito meses deste ano, mais 15 por cento do que no mesmo período de 2019.

A colheita brasileira de soja na época agrícola 2020/21, que começa este mês, deverá crescer 8 por cento, atingindo um novo recorde de 132,6 milhões de toneladas, graças à expansão das plantações para responder à forte procura chinesa, avançou no mês passado a consultora agrícola StoneX.

(Fonte) Secretariado Permanente do Fórum para a Cooperação Económica e Comercial entre a China e os Países de Língua Portuguesa:
https://www.forumchinaplp.org.mo/big-crop-low-prices-prompt-china-to-buy-brazilian-soybeans/?lang=pt

MACAUHUB FRENCH