Resultados do inquérito aos hotéis e similares de Macau referente a 2019

21 September 2020

Em 2019 estavam em actividade 123 hotéis e pensões, mais 7 do que em 2018 e o pessoal ao serviço totalizou 51.859 indivíduos, observando-se um aumento de 2,1%. As receitas do sector cifraram-se em 38,27 mil milhões de Patacas, ou seja, +2,6% em termos anuais, graças ao número de hóspedes ter subido 1,0%. As despesas do sector foram de 33,77 mil milhões de Patacas, isto é, +2,9% em termos anuais, salientando-se que as despesas de exploração (15,07 mil milhões de Patacas), as despesas com pessoal (14,92 mil milhões de Patacas) e as compras de mercadorias e comissões pagas (3,78 mil milhões de Patacas) aumentaram, informam os Serviços de Estatística e Censos.

Em termos da classificação dos hotéis, observou-se que nos hotéis de 5 estrelas (36 estabelecimentos, ou seja, mais 1, face a 2018) as receitas foram de 30,08 mil milhões de Patacas, isto é, mais 3,6%. Realça-se que as receitas provenientes do alojamento em quartos (13,61 mil milhões de Patacas), do arrendamento de instalações (7,42 mil milhões de Patacas) e dos serviços de restauração (6,77 mil milhões de Patacas) subiram 4,2%, 4,2% e 6,3%, respectivamente, em termos anuais.  Nos hotéis de 3 estrelas (mantiveram-se em 16 estabelecimentos), as receitas corresponderam a 3,73 mil milhões de Patacas, mais 3,0%, em relação a 2018, as quais foram oriundas do alojamento em quartos (1,68 mil milhões de Patacas), +2,9%. Em contrapartida, nos hotéis de 4 estrelas (mantiveram-se em 17 estabelecimentos), as receitas cifraram-se em 4,21 mil milhões de Patacas, diminuindo 4,1%, face a 2018, devido às receitas provenientes do alojamento em quartos (2,16 mil milhões de Patacas) e do arrendamento de instalações (357 milhões de Patacas) terem descido 8,5% e 12,5%, respectivamente. Nos hotéis de 2 estrelas (15 estabelecimentos, ou seja, mais 1, em termos anuais), as receitas fixaram-se em 149 milhões de Patacas, menos 0,6%. Por seu turno, no ano em análise as receitas não operacionais dos hotéis (incluindo os juros recebidos e indemnizações de seguros) foram de 148 milhões de Patacas, menos 71,3%, em termos anuais, visto que os hotéis receberam em 2018 a maior parte das indemnizações de seguros relativas aos prejuízos que os tufões lhes causaram em 2017 e 2018.

As despesas dos hotéis de 5 estrelas equivaleram a 27,10 mil milhões de Patacas, ou seja, +3,8%, em termos anuais, destacando-se que as despesas com pessoal (12,20 mil milhões de Patacas) e as despesas de exploração (11,89 mil milhões de Patacas) subiram 4,4% e 3,0%, respectivamente. As despesas dos hotéis de 3 estrelas fixaram-se em 2,70 mil milhões de Patacas, mais 1,0%, em termos anuais, salientando-se que as despesas com pessoal (1,32 mil milhões de Patacas) aumentaram 3,0%, enquanto que as despesas de exploração (1,07 mil milhões de Patacas) desceram 2,9%. As despesas dos hotéis de 2 estrelas foram de 146 milhões de Patacas, mais 3,5%, em relação a 2018.  Por seu turno, as despesas dos hotéis de 4 estrelas situaram-se em 3,75 mil milhões de Patacas, isto é, -2,5%, comparativamente com 2018, realçando-se que as despesas de exploração (1,99 mil milhões de Patacas) e as despesas com pessoal (1,31 mil milhões de Patacas) diminuíram 3,6% e 2,5%, respectivamente. Além disso, as despesas não operacionais dos hotéis, compostas por depreciação e juros pagos, corresponderam a 16,20 mil milhões de Patacas, mais 6,0%, face a 2018.

Em 2019 existiam 39 pensões, mais 5, em termos anuais. As receitas e as despesas cifraram-se em 88,62 milhões de Patacas e 69,01 milhões de Patacas, tendo aumentado 10,5% e 32,2%, respectivamente, face a 2018.

O valor acrescentado bruto, que reflecte o contributo económico do sector, cifrou-se em 19,44 mil milhões de Patacas, isto é, +3,4%, face a 2018 e o valor acrescentado médio por pessoal ao serviço foi de 375 mil Patacas, mais 1,3%. O excedente bruto do sector alcançou 4,53 mil milhões de Patacas, isto é, +2,6%, em relação a 2018.  A proporção do excedente bruto (11,8%) e a proporção do excedente bruto pelas despesas (13,4%) mantiveram-se em relação a 2018. Além disso, a formação bruta de capital fixo (6,82 mil milhões de Patacas) baixou 76,1%, em termos anuais, devido a alguns grandes hotéis de 5 estrelas terem sido concluídos em 2018.
(Direcção dos Serviços de Estatística e Censos)

Gabinete de Comunicação Social:
https://news.gov.mo/detail/pt/N20IRau4KI?0

MACAUHUB FRENCH