Realizou-se a Cerimónia de Inauguração da 12.ª Semana Cultural da China e dos Países de Língua Portuguesa

No dia 22 de Outubro, de manhã, a Cerimónia de Inauguração da 12.ª Semana Cultural da China e dos Países de Língua Portuguesa realizou-se no Pavilhão dos Países de Língua Portuguesa da Feira Internacional de Macau (MIF em sigla inglesa) no Centro de Convenções e Exposições do Hotel Venetian de Macau. O evento foi presidido pela presença do Secretário-Geral Adjunto do Secretariado Permanente do Fórum de Macau, Dr. Ding Tian, dos Embaixadores dos 8 Países de Língua Portuguesa acreditados na China, dos Secretários-Gerais Adjuntos do Secretariado Permanente do Fórum de Macau, Dr. Paulo Jorge Rodrigues do Espírito Santo, e Dr. Casimiro de Jesus Pinto, entre outros convidados de honra. Os representantes dos Consulados-Gerais dos Países de Língua Portuguesa na RAEM, os Delegados junto do Secretariado Permanente do Fórum de Macau, bem como representantes das entidades colaboradoras, num total de cerca de 100 pessoas participaram neste evento.

O Secretário-Geral Adjunto, Dr. Ding Tian, apresentou no seu discurso, que a presente edição da Semana Cultural da China e dos Países de Língua Portuguesa seria realizada de formas online e offline no período de epidemia, permitindo os espectadores de todo o mundo sentirem e experimentarem, por diversas formas, a diversidade cultural da China e dos Países de Língua Portuguesa. Como tal, esta edição iria fomentar continuadamente o intercâmbio e o entendimento mútuo entre os povos, promover a cooperação económica e comercial entre a China e os Países de Língua Portuguesa, desempenhando assim o papel de Macau como Plataforma. Acrescentou que o Secretariado Permanente iria continuar a explorar novos canais de intercâmbio e cooperação entre o Interior da China, Macau e os Países de Língua Portuguesa.

Plataforma de intercâmbio cultural 

A Semana Cultural da China e dos Países de Língua Portuguesa organizada pelo Secretariado Permanente do Fórum de Macau, cuja primeira edição foi realizada em 2008, até à data, já se torna uma grande manifestação cultural que cruza os povos do Interior da China, de Macau e dos Países de Língua Portuguesa para apreciar a diversidade cultural, tendo desempenhado activamente o papel de Macau como plataforma de intercâmbio cultural entre a China e os Países de Língua Portuguesa, e contribuído para a construção de Macau enquanto “Um Centro, Uma Plataforma, Uma Base”. Esta edição irá continuar subordinada ao tema principal “Uma Faixa, Uma Rota Cultural” (faixa económica da Rota de Seda e rota cultural da China e dos Países de Língua Portuguesa), destacando, aliás e pela primeira vez, a sua forma principal de realização online. Os espectáculos de música e dança dos grupos artísticos, apresentações de artesanato, ensino culinário de gastronomia dos Países de Língua Portuguesa, mostra de teatro, entre outros elementos irão apresentar, de forma online; por sua vez, a primeira Exposição “1+3” terá lugar no Complexo da Plataforma de Serviços para a Cooperação Comercial entre a China e os Países de Língua Portuguesa, de maneira offline, demonstrando através de diversas formas o papel de Macau como ponte de ligação entre a China e os Países de Língua Portuguesa.

Lançamento online

Os programas online serão iniciados em primeiro, a 22 de Outubro, com cerca de 40 apresentações culturais de 11 países e regiões do mundo, nomeadamente, o Interior da China (Província de Shandong), Angola, o Brasil, Cabo Verde, a Guiné-Bissau, Moçambique, Portugal, São Tomé e Príncipe, Timor-Leste, Goa Damão e Diu, e Macau, o que demonstra a arte de música e dança, as técnicas e as culturas da China e dos Países de Língua Portuguesa, e ao mesmo tempo, reflete o facto de que Macau, enquanto Plataforma, está a promover o intercâmbio cultural e entendimento recíproco entre povos mediante formas novas. Pode-se assistir às apresentações de música e dança, teatros, demonstrações artesanais, ensino culinário e exibição das obras dos artistas, etc., dos 11 países e regiões através de aceder à página temática da “12.ª Semana Cultural da China e dos Países de Língua Portuguesa.” (semanacultural.forumchinaplp.org.mo)

Exposição “1+3” offline

A primeira Exposição “1+3” inclui a exposição sobre o Processo de Desenvolvimento do Fórum de Macau e 3 exposições das obras dos artistas, nomeadamente, o artista local de Macau, Alexandre Marreiros, a artista de Portugal, Raquel Gralheiro e o artista de Timor-Leste, Bernardino Soares, irá apresentar dinâmica dramática de arte através das pinturas e fotografias. A Exposição “1+3” está patente de 19 de Novembro a 6 de Dezembro, os interessados podem deslocar-se ao Complexo da Plataforma de Serviços para a Cooperação Comercial entre a China e os Países de Língua Portuguesa para visitar as exposições. Nas exposições, serão disponibilizadas sessões de interacção como visita guiada, e também “Intercâmbio com artista” e “Encontro com os Delegados dos Países de Língua Portuguesa”, a fim de aprofundar o conhecimento público sobre o conteúdo da cultura e arte dos Países de Língua Portuguesa.

Esta Semana Cultural é organizada com a colaboração do Instituto Português do Oriente, da Associação Angola Macau, da Casa do Brasil em Macau, da Associação de Amizade Macau-Cabo Verde, da Associação dos Guineenses Naturais e Amigos da Guiné-Bissau, da Associação dos Amigos de Moçambique, da Associação dos Macaenses, da Casa de Portugal em Macau, da Associação dos São-tomenses e Amigos de São Tomé e Príncipe Macau-China, da Associação de Amizade Macau-Timor, do Núcleo de Animação Cultural de Goa, Damão e Diu, da Teledifusão de Macau S.A., entre outras entidades.

(Fonte) Secretariado Permanente do Fórum para a Cooperação Económica e Comercial entre a China e os Países de Língua Portuguesa:
https://www.forumchinaplp.org.mo/pt/realizou-se-a-cerimonia-de-inauguracao-da-12a-semana-cultural-da-china-e-dos-paises-de-lingua-portuguesa/

MACAUHUB FRENCH