Resultados do inquérito às despesas dos visitantes de Macau referente ao 3º trimestre de 2020

20 November 2020

No terceiro trimestre de 2020 a despesa total dos visitantes chegados a Macau (excluindo a despesa no jogo) cifrou-se em 1,01 mil milhões de Patacas, ou seja, -93,3%, face à do trimestre homólogo de 2019. Salienta-se que a despesa total dos turistas (726 milhões de Patacas) e a dos excursionistas (286 milhões de Patacas) desceram 94,0% e 90,5%, respectivamente, informam os Serviços de Estatística e Censos.

A despesa per capita dos visitantes foi de 1.349 Patacas no terceiro trimestre do corrente ano, decrescendo 12,0%, em termos anuais. A despesa per capita dos visitantes do Interior da China cifrou-se em 1.343 Patacas, menos 20,6%, em termos anuais. Destaca-se que a despesa per capita dos visitantes do Interior da China com visto individual (3.885 Patacas) aumentou 78,8%, em termos anuais, graças à despesa per capita dos visitantes da província de Guangdong com visto individual ter crescido 128,7%. As despesas per capita dos visitantes de Hong Kong (1.284 Patacas) e de Taiwan (2.439 Patacas) ascenderam 32,5% e 82,1%, respectivamente, em termos anuais. A despesa per capita dos turistas foi de 2.858 Patacas, mais 12,3%, em termos anuais, salientando-se que a despesa per capita dos turistas do Interior da China (2.839 Patacas) cresceu 2,7%. A despesa per capita dos excursionistas cifrou-se em 577 Patacas, menos 1,8%, em termos anuais.

Relativamente ao tipo de despesas, os visitantes despenderam essencialmente em compras (66,9% do total), alimentação (15,8%) e alojamento (13,9%), no terceiro trimestre deste ano. A despesa per capita dos visitantes em compras foi de 903 Patacas, mais 30,2%, em termos anuais, destacando-se que as efectuadas em produtos cosméticos/perfumes (409 Patacas) e em alimentos/doces (302 Patacas) aumentaram 86,7% e 38,4%, respectivamente. Analisando por principal motivo da vinda a Macau, as despesas per capita dos visitantes que vieram a Macau passar férias (4.095 Patacas) e tratar de negócios e assuntos profissionais (2.087 Patacas) subiram 83,5% e 141,3%, respectivamente, em termos anuais, contudo, as despesas per capita dos que vieram participar em convenções/exposições (1.154 Patacas) e fazer compras (1.055 Patacas) diminuíram 73,3% e 48,4%, respectivamente.

No segundo trimestre de 2020 não foi recolhida nenhuma informação junto dos visitantes, devido à pandemia, pelo que os dados relativos aos comentários dos visitantes do terceiro trimestre são analisados e comparados com os do primeiro trimestre. De acordo com os comentários dos visitantes referentes ao terceiro trimestre, as proporções dos visitantes satisfeitos com os vários serviços e instalações cresceram com amplitudes distintas, face às do primeiro trimestre. Refira-se que as proporções dos visitantes satisfeitos com: a higiene ambiental (94,3%); os equipamentos/instalações públicos (91,8%); os serviços dos hotéis e similares (91,6%) e os serviços das lojas (90,8%) aumentaram: 7,9; 8,7; 3,5 e 5,6 pontos percentuais, respectivamente. Além destas, a proporção dos visitantes satisfeitos com os serviços de transportes públicos (86,4%) expandiu-se 10,8 pontos percentuais. Quanto aos pontos turísticos de Macau, 63,6% dos visitantes consideraram–nos suficientes, mais 1,5 pontos percentuais.
(Direcção dos Serviços de Estatística e Censos)

Gabinete de Comunicação Social:
https://news.gov.mo/detail/pt/N20KSqoNNQ?1

MACAUHUB FRENCH