Situação geral da segurança em Macau mantem-se estável

1 March 2021

Segundo a análise dos dados estatísticos da criminalidade e trabalhos de execução da lei, em Macau, do ano de 2020, registou-se uma descida contínua em geral dos crimes, tendo a Polícia instaurado um total de 10,057 inquéritos criminais, o que traduz uma diminuição de cerca de 30% em comparação com o ano de 2019, no que se considera ser uma situação geral de segurança boa.

No ano de 2020, registou-se um decréscimo dos casos de “criminalidade violenta”, ou seja, cerca de 64% comparando com o ano de 2019. No âmbito dos crimes de violência grave, de “rapto”, de “homicídio” e de “ofensas corporais graves”, continua a ser mantida uma boa situação, manifesta por um número baixo de casos.

Em comparação com o ano de 2019, registou-se uma descida de cerca de 90% dos casos de crime de “cárcere privado” e cerca de 20% de casos de“fogo posto”, sendo a maior percentagem de casos desse género provocada por pontas de cigarro acesas. Registou-se ainda uma descida de mais de 87% dos casos do crime vulgarmente conhecido por “agiotagem”, uma redução de 34% dos casos do crime de “burla” e quanto aos crimes de “furto” e “roubo” registou-se uma descida de 54,5% e 67,5%, respectivamente.

O número de casos de tráfico de droga apresentou uma tendência constante de descida, ou seja, uma redução de mais de 40% quando comparada com o ano de 2019. Devido ao impacto da situação epidémica e às restrições rigorosas de entrada, alguns grupos traficantes de droga transfronteiriça começaram a recorrer por via marítima ou através de pacotes postais. A Polícia e os Serviços de Alfândega de Macau têm estado muito atentos a esta situação e mantiveram uma cooperação estreita e um intercâmbio de informações com os serviços relevantes do Interior da China.

No ano passado, o número dos casos de “violação” e “importunação sexual” registaram uma descida significativa, mas os casos referentes ao “abuso sexual de crianças” aumentaram. Perante esta situação, a Políca tem estabelecido comunicação com escolas de ensino primário, secundário, nocturno e institutos do ensino superior através do plano “Rede de Comunicação com as Escolas” e tem realizado reuniões periódicas destinadas à troca de informações relativas à prevenção de crime.

No ano de 2020, a Polícia Judiciária (PJ) instaurou preliminarmente 118 inquéritos de violência doméstica, dos quais 11 foram entregues ao Ministério Público sendo que a esmagadora maioria das vítimas são mulheres. Para reforçar a consciência de autoprotecção, a PJ criou, no final do ano passado, um grupo de cooperação entre polícia e os cidadãos “Amigos da Prevenção Criminal para Mulheres”.

No período de combate à pandemia, alguns criminosos aproveitaram a oportunidade para praticar actos ilícitos, no entanto, como a Polícia intensificou a fiscalização online e o respectivo combate, registou-se uma descida significativa dos casos de burla de venda de material médico pelas redes, entre outros canais e de casos de uso ilegal de documento de identificação de outrem para adquirir material médico. Até ao 4.º trimestre do ano passado, não foram registados os dois tipos de casos, acima referidos.

Em 2020, registou-se uma subida de mais de 90% de casos de crime informático, em comparação com o ano de 2019, entre os quais houve uma subida significativa com o consumo online por cartão de crédito, representando um aumento de 251,3%. Nos últimos anos, as compras online, a exibição de filmes online, entre outros métodos de entretenimento tornaram-se uma parte indispensável da vida pública, o que tornou os métodos de consumo sem contacto mais populares. No entanto, os mesmos também fornecem oportunidades que permitem aos criminosos subtraírem informações pessoais dos usuários, mediante a criação de sites falsos, fingindo fornecerem serviços pós-venda e a transmissão de software com computação “Cavalo de tróia”, com vista a usar ilegalmente os cartões de crédito das vítimas.

Apesar do número geral de casos de burla ter diminuído, no ano passado, registou-se uma redução de 17,3% dos casos de burla em sites de namoro online, comparando com o ano de 2019. No entanto, os crimes de burla mais complicados vulgarmente conhecidos como “Sha zhu pan” aumentaram significativamente, tendo sido registados no total 94 casos, um aumento de 135% em comparação com o ano de 2019.

Com a entrada em vigor do “Regime jurídico do transporte de passageiros em automóveis ligeiros de aluguer”, registou-se uma diminuição constante de casos de infracção de taxistas. No ano passado, a Polícia autuou 147 casos de infracção de taxistas, significando um decréscimo de 95,4%.

O “mecanismo de prevenção conjunto relativo à imigração ilegal” continua a desempenhar um papel importante. Em 2020, a Polícia e os SA detectaram, em conjunto, 40 casos de prestação de auxílio de imigração ilegal, registando-se uma redução de cerca de 50%, em comparação com o ano de 2019. Para, além disso, o “Sistema de Monitorização Marítima Inteligente” foi utilizado na zona aduaneira de Macau no combate às actividades de imigração ilegal e contrabando por via marítima, em comparação com o ano passado, reforçando eficazmente a capacidade de prevenção.

Para assegurar a segurança da sociedade de Macau e combater os actos ilícitos e criminais, a Polícia realizou uma série de operações de rusga, nomeadamente, a “Operação Preventiva do Inverno 2020”, a “Operação Trovoada 2020”, entre outras, no total mobilizaram mais de 10 mil forças policiais. O “Sistema de Videovigilância em Espaços Públicos de Macau”, vulgarmente conhecido por “Olhos no céu”, melhorou eficazmente a taxa de resolução dos casos e auxiliou a Polícia na investigação de mais de 2300  casos.

No âmbito do combate à pandemia, as autoridades de segurança não irão baixar a guarda e continuarão a executar, com todos os esforços, as medidas de prevenção epidémica do Governo da RAEM e manterão um alto nível de alerta a vários factores de instabilidade social, avaliando constantemente o estado de segurança, ajustando atempadamente as implementações policiais para assegurar a prosperidade e a estabilidade da sociedade de Macau.

Gabinete de Comunicação Social:
https://news.gov.mo/detail/pt/N21BYX3K6h?22

MACAUHUB FRENCH