Associação comercial quer criar centro sino-lusófono em Nansha

A Associação Comercial Internacional para os Mercados Lusófonos (ACIML) está a planear a criação de um centro de serviços no distrito de Nansha, em Guangzhou, no sul da China, para ajudar empresas do Interior da China e dos Países de Língua Portuguesa a atrair investimento e promover os seus produtos.

A ACIML apelou às autoridades para introduzir procedimentos alfandegários simplificados para produtos lusófonos com destino ao Interior da China, avançou o jornal Macao Daily News.

Num encontro com o Secretário para a Economia e Finanças de Macau, Lei Wai Nong, realizada na semana passada, uma delegação da ACIML sugeriu a criação de um centro de venda a granel e a retalho de produtos dos Países de Língua Portuguesa.

A ACIML está a pensar oferecer no futuro um curso de introdução ao português para melhorar a capacidade linguística dos empresários e profissionais da indústria financeira de Macau, referiu o jornal local de língua chinesa.

(Fonte) Secretariado Permanente do Fórum para a Cooperação Económica e Comercial entre a China e os Países de Língua Portuguesa:
https://www.forumchinaplp.org.mo/pt/associacao-comercial-quer-criar-centro-sino-lusofono-em-nansha/

MACAUHUB FRENCH