Hunan apoia criação de Centro de Macau para reforçar laços com Países de Língua Portuguesa

O Presidente do Governo Provincial de Hunan, Mao Weiming, disse que a província do sul da China apoia a criação na cidade de Changsha de um Centro de Macau para reforçar o intercâmbio com os Países de Língua Portuguesa.

Segundo o China News, o governante falava durante um encontro com os Embaixadores na China de Timor-Leste, Guiné-Bissau, Cabo Verde, São Tomé e Príncipe, Moçambique e Angola. A reunião visou discutir temas ligados à cooperação industrial.

De acordo com o portal noticioso estatal chinês, Mao Weiming disse que o Centro de Macau e a Exposição Económica e Comercial China-África vão reforçar as trocas comerciais entre Hunan e os mercados lusófonos.

O Embaixador de Timor-Leste na China, Benedito dos Santos Freitas, demonstrou o desejo de facilitar a cooperação com Hunan através dos laços entre Macau e os Países de Língua Portuguesa.

A segunda edição da Exposição Económica e Comercial China-África vai decorrer em Changsha, em Setembro, avançou o jornal estatal chinês China Daily.

(Fonte) Secretariado Permanente do Fórum para a Cooperação Económica e Comercial entre a China e os Países de Língua Portuguesa:
https://www.forumchinaplp.org.mo/pt/hunan-apoia-criacao-de-centro-de-macau-para-reforcar-lacos-com-paises-de-lingua-portuguesa/

MACAUHUB FRENCH