Autoridades brasileiras distribuem kits médicos de intubação produzidos na China

21 April 2021

O Ministério da Saúde do Brasil começou a distribuir na sexta-feira um lote com mais de 2,3 milhões de kits para intubação de pacientes com COVID-19, adquiridos na China. Os kits estão a ser entregues a unidades de cuidados médicos por todo o país.

Os kits foram fabricados em Lianyungang, na província de Jiangsu, no leste da China, e doados por um conjunto de empresas que inclui a petrolífera estatal Petrobras e a mineradora Vale.

Os kits, que chegaram ao Brasil através do Aeroporto Internacional de Cumbica, em São Paulo, são compostos por sedativos, neuro-bloqueadores musculares e analgésicos opióides, avançou a Agência Brasil.

A doação garante ao país “pelo menos 10 dias de abastecimento” destes materiais, sublinhou o Secretário de Ciência, Tecnologia e Insumos Estratégicos do Brasil, Hélio Angotti Neto, citado pela agência noticiosa estatal brasileira.

Este é o primeiro lote de um total de 3,4 milhões de kits que devem chegar ao Brasil até o final do mês e que podem ser utilizados em 500 camas para tratamento de pacientes com COVID-19, garantindo abastecimento pelo período de um mês e meio.

(Fonte) Secretariado Permanente do Fórum para a Cooperação Económica e Comercial entre a China e os Países de Língua Portuguesa:
https://www.forumchinaplp.org.mo/pt/autoridades-brasileiras-distribuem-kits-medicos-de-intubacao-produzidos-na-china/

MACAUHUB FRENCH