Resultados do inquérito às despesas dos visitantes de Macau referente ao 1º trimestre de 2021

24 May 2021

Com a pandemia da pneumonia causada pelo novo tipo de coronavírus que ocorre desde há mais de um ano, realizaram-se menos actividades turísticas, permitindo-se portanto aos visitantes acumular um certo grau de poder de consumo. No primeiro trimestre de 2021 a despesa per capita dos visitantes atingiu 3.556 Patacas, mais 128,6%, em termos anuais, a qual impulsionou o crescimento de 23,5% na despesa total dos visitantes (excluindo a despesa no jogo), que se cifrou em 6,18 mil milhões de Patacas no trimestre em análise. Salienta-se que a despesa total dos turistas foi de 5,59 mil milhões de Patacas, mais 48,0% e que a dos excursionistas correspondeu a 589 milhões de Patacas, menos 52,1%, informam os Serviços de Estatística e Censos.

Em termos da despesa per capita dos visitantes, a dos visitantes do Interior da China fixou-se em 3.647 Patacas no primeiro trimestre do corrente ano, aumentando 103,8%, em termos anuais. Destaca-se que a despesa per capita dos visitantes do Interior da China com visto individual (7.132 Patacas) subiu 230,4%. A despesa per capita dos visitantes de Hong Kong (2.687 Patacas) e a dos visitantes de Taiwan (3.026 Patacas) registaram acréscimos homólogos de 215,9% e 146,4%, respectivamente. Além disso, a despesa per capita dos turistas foi de 6.084 Patacas, mais 144,9%, em termos anuais, enquanto a dos excursionistas correspondeu a 719 Patacas, menos 0,7%.

Relativamente ao tipo de despesas, os visitantes despenderam essencialmente em compras (64,1% da despesa per capita), alimentação (16,2%) e alojamento (15,9%) no primeiro trimestre deste ano. A despesa per capita dos visitantes em compras foi de 2.280 Patacas, mais 238,6%, em termos anuais, nomeadamente, as despesas efectuadas em produtos cosméticos/perfumes (700 Patacas), em malas/sapatos (456 Patacas) e em vestuário (400 Patacas) subiram 232,0%, 559,1% e 407,4%, respectivamente. Analisando por principal motivo da visita a Macau, as despesas per capita dos visitantes que vieram passar férias (6.790 Patacas), fazer compras (4.203 Patacas) e visitar familiares ou amigos (3.107 Patacas) aumentaram 204,5%, 72,7% e 184,4%, respectivamente, em termos anuais.

De acordo com os resultados dos comentários dos visitantes relativos ao primeiro trimestre de 2021, as proporções dos visitantes satisfeitos com os vários serviços e instalações cresceram com amplitudes distintas, em relação às do quarto trimestre de 2020. Observou-se que as proporções dos visitantes satisfeitos com os serviços de transportes públicos (89,2%), com os serviços de estabelecimentos de jogo (91,1%) e com os serviços de restaurantes e similares (91,5%) subiram: 4,0; 3,6 e 2,5 pontos percentuais, respectivamente, em termos trimestrais. Simultaneamente, 69,8% dos visitantes consideraram suficientes os pontos turísticos de Macau, mais 2,5 pontos percentuais. As proporções dos visitantes satisfeitos com os equipamentos/instalações públicos (95,4%) e com a higiene ambiental (96,8%) aumentaram 1,9 e 0,4 pontos percentuais, respectivamente.
(Direcção dos Serviços de Estatística e Censos)

Gabinete de Comunicação Social:
https://www.gcs.gov.mo/detail/pt/N21EUxOuFm?21

MACAUHUB FRENCH