IPIM e empresas obtêm resultados frutíferos na Semana de Macau em Xangai

18 June 2021

A “Semana de Macau em Xangai” terminou com enorme sucesso. Graças à promoção online e offline pelo Instituto de Promoção do Comércio e do Investimento de Macau (IPIM), mais de 90 milhões de pessoas assistiram ao evento online. Empresas participantes revelaram que as vendas atingiram, de uma forma geral, números satisfatórios, havendo ainda empresas de Macau que estabeleceram colaborações com supermercados de grande dimensão a nível internacional, agradecendo, portanto, a “intervenção” do IPIM.

O IPIM organizou a participação de cerca de 40 empresas de fabrico em Macau, marcas de Macau e agenciamento de produtos dos países de língua portuguesa na Semana de Macau em Xangai. Durante o evento foram também organizadas apresentações itinerantes, encontros de promoção de turismo e de convenções e exposições, bolsas de contacto, degustações, entre outras actividades. Vários líderes de opinião do Interior da China e de Macau também foram convidados para visitar a zona da exposição para transmissões ao vivo, visando promover o evento em diferentes canais online e offline.

O número cumulativo de visualizações da transmissão ao vivo e respectiva gravação excedeu o total de 90 milhões. O IPIM também organizou actuações de bandas no recinto da exposição, as quatro mascotes do evento “Vamos Desfrutar” estiveram presentes com encenações espontâneas e a ser fotografadas com os visitantes, houve uma parede de expressões modernas e 4 cenários interactivos para tirar fotos com as mascotes, de forma a criar uma atmosfera que atraísse as pessoas a parar e tirar fotografias.

Estabelecer com sucesso colaborações com empresas internacionais através da “Semana de Macau” e da bolsa de contactos do IPIM

Ivy Tsang, directora-geral da Companhia de Bright Elite Gourmet Limitada, uma empresa de Macau que participou por quatro vezes consecutivas na “Semana de Macau”, afirmou ter-se encontrado com quatro a cinco empresas através da Sessão de Bolsas de Contactos entre Empresários de Xangai e de Macau, sendo que desses encontros resultaram intenções preliminares de colaboração com duas, uma cadeia internacional de lojas de conveniência e uma empresa de cadeia logística baseada em Xangai. Referiu ainda que durante a sua participação na “Semana de Macau”, recebeu a boa notícia, que a sua empresa tinha chegado a um acordo de cooperação comercial com uma grande cadeia internacional de supermercados com quem estava em contacto há já dois anos, até entrou em fase avançada durante a bolsa de contactos da “Semana de Macau em Hangzhou”. Após esse encontro, com a ajuda efectiva do IPIM, foi assinado com sucesso um contrato no final de dois meses de conversações.

Através da plataforma da “Semana de Macau”, os produtos “testam as águas”

Várias empresas participam pela primeira vez numa exposição como a “Semana de Macau em Xangai”, e a Sociedade de Comércio Internacional Royal Peak Limitada é uma delas. Linda, a gestora de operações, disse que os produtos tiveram muita popularidade junto dos comerciantes de Xangai, especialmente os bolos caseiros, que esgotaram ao terceiro dia. Ela também elogiou a disposição, gestão e organização do evento. Chong Lai Iok, representante da Fábrica de Alimentos Fat Sou, disse acreditar que ao apresentar os produtos e dá-los a provar pessoalmente aos clientes, aumenta a confiança nos seus artigos, levando a que vários clientes se tornem habituais. Afirmou ainda ter comunicado com mais de uma dúzia de empresários através da feira, apesar de ainda ser necessário um maior entendimento entre eles. O director-geral da Sardinia Macau, Heiman Sou, declarou que as vendas foram boas em geral. William Si, responsável pela Sociedade Excelência e Prosperidade, Limitada, admitiu verificar a reacção positiva do mercado do Interior da China, favorável para promover e exibir no futuro os seus produtos fabricados em Macau.

Uma residente de Xangai que visitou a exposição itinerante disse ter-se deparado com uma variedade dos produtos de Macau em exposição, entre estes, os mais apelativos eram os produtos alimentares. Visitantes de Shandong ficaram maravilhados com as luzes brilhantes no recinto da exposição, assim como com o design único dos stands, que lhes permitiram sentir o encanto de Macau. Compraram pastéis e doces na zona de exposição e aguardam com expectativa que a “Semana de Macau” seja realizada em Qingdao.

Além disso, Chen Weiyue, responsável pelo departamento de mercadorias da Shanghai Family Mart, que participou na Sessão de Bolsas de Contactos entre Empresários de Xangai e de Macau, acredita que o evento é uma boa oportunidade para conhecer as marcas de Macau e os seus empresários. Através do contacto directo com os fabricantes no local, é possível entender melhor não só as empresas, mas também o gosto dos consumidores. Viola Li, representante da Shanghai Xiaoxiaoliang Industrial Co., Ltd., apontou que além das vendas via aplicativos, a empresa também dispõe de três supermercados físicos. Como tal, espera poder escolher os produtos de Macau presentes na exposição para o consumo de mais residentes de Xangai. Ela acredita que os produtos de Macau ainda não penetraram no mercado em várias partes do Interior da China, e como tal são novidade para os cidadãos. Por isso mesmo, planeia aproveitar esta oportunidade para ser pioneira na sua distribuição.
(Instituto de Promoção do Comércio e do Investimento de Macau)

Gabinete de Comunicação Social:
https://www.gcs.gov.mo/detail/pt/N21FQ4yOMb?17

MACAUHUB FRENCH