Associação chinesa defende relações comerciais mais próximas entre Macau e lusofonia

A Presidente do Conselho para a Promoção do Comércio Internacional da China, Gao Yan, apelou a Macau para reforçar o seu papel como um local onde empresas da China e dos Países de Língua Portuguesa podem fazer negócios.

Segundo um comunicado do Instituto de Promoção do Comércio e Investimento de Macau (IPIM), a responsável disse na quarta-feira que tal esforço iria beneficiar também a iniciativa chinesa Uma Faixa, Uma Rota.

Durante uma conferência de associações comerciais de Macau e do Interior da China, o Presidente do IPIM, Lau Wai Meng, sublinhou que uma das principais missões do instituto é concretizar o potencial do comércio entre a China e os mercados lusófonos.

Uma relação mais próxima entre empresas de Macau e dos Países de Língua Portuguesa pode acelerar a abertura ao exterior da Região da Grande Baía Guangdong-Hong Kong-Macau, defendeu o Vice-Presidente da Associação Comercial de Macau, Vong Kok Seng.

(Fonte) Secretariado Permanente do Fórum para a Cooperação Económica e Comercial entre a China e os Países de Língua Portuguesa:
https://www.forumchinaplp.org.mo/pt/associacao-chinesa-defende-relacoes-comerciais-mais-proximas-entre-macau-e-lusofonia/

MACAUHUB FRENCH