Regulador identifica Macau como jurisdição relevante para bancos portugueses

O Banco de Portugal (BdP) anunciou que Macau e Moçambique foram adicionados à lista de jurisdições relevantes para reconhecimento e definição das percentagens de reserva contracíclica a aplicar a bancos portugueses.

Num comunicado, o regulador financeiro sublinha que a nova lista, válida até Junho de 2022, leva em conta as posições directas dos bancos portugueses sobre o sector privado não financeiro em jurisdições fora da União Europeia.

A reserva contracíclica de fundos próprios serve para aumentar a resiliência do sector bancário português face a um eventual crescimento excessivo do crédito, referiu na quarta-feira o BdP.

O Banco Nacional Ultramarino SA (BNU), um dos dois bancos emissores de notas de patacas em Macau, faz parte do grupo financeiro estatal português Caixa Geral de Depósitos.

(Fonte) Secretariado Permanente do Fórum para a Cooperação Económica e Comercial entre a China e os Países de Língua Portuguesa:
https://www.forumchinaplp.org.mo/pt/regulador-identifica-macau-como-jurisdicao-relevante-para-bancos-portugueses/

MACAUHUB FRENCH