Nova zona em Hengqin espreita ligações sino-lusófonas

O Comité Central do Partido Comunista Chinês e o Conselho de Estado aprovaram no domingo o projecto geral de construção de uma zona de cooperação aprofundada entre Guangdong e Macau na ilha vizinha de Hengqin, avançou a Xinhua.

Segundo a agência noticiosa estatal chinesa, a zona irá promover novas indústrias, incluindo convenções e exposições, pesquisa e desenvolvimento científico e tecnológico, e finanças modernas para apoiar a diversificação económica de Macau.

O projecto, divulgado pelo Governo de Macau, prevê o estabelecimento, na zona com uma área de 106 quilómetros quadrados, de um centro de comércio internacional entre a China e os Países de Língua Portuguesa.

O documento refere ainda a criação de uma plataforma de serviços financeiros entre a China e os mercados lusófonos, nomeadamente com o desenvolvimento de liquidação transfronteiriça em renmimbi.

O plano prevê também o estabelecimento de espaços de investigação científica e inovação, incluindo uma base de inovação e empreendedorismo para os jovens da China e dos Países de Língua Portuguesa.

(Fonte) Secretariado Permanente do Fórum para a Cooperação Económica e Comercial entre a China e os Países de Língua Portuguesa:
https://www.forumchinaplp.org.mo/pt/nova-zona-em-hengqin-espreita-ligacoes-sino-lusofonas/

MACAUHUB FRENCH