Empreiteira chinesa deve terminar este ano escola no centro de Angola

13 September 2021

A execução, a cargo de uma empresa chinesa, da construção de uma escola primária em Cuito, capital da província de Bié, no centro de Angola, atingiu já os 70 por cento. As obras devem terminar este ano, avançou na quarta-feira a Angop.

Ainda faltam construir algumas áreas, incluindo dois internatos e um refeitório, assim como concluir a instalação de mosaicos, azulejos e redes de electricidade e canalização.

O Vice-Governador do Bié para os Serviços Técnicos e Infra-estruturas, José Fernando Tchatuvela, disse à agência noticiosa estatal angolana que a escola foi erguida inicialmente graças a um financiamento da China. Após o projecto estar paralisado durante cerca de cinco anos, as obras de acabamento e apetrechamento recomeçaram em Março, inseridas no Plano Integrado de Intervenção nos Municípios, do Governo angolano.

A escola terá 24 salas de aulas e capacidade para acolher mais de três mil estudantes já no próximo ano lectivo, ajudando assim a reduzir o número de alunos fora do sistema de ensino em Angola.

(Fonte) Secretariado Permanente do Fórum para a Cooperação Económica e Comercial entre a China e os Países de Língua Portuguesa:
https://www.forumchinaplp.org.mo/pt/empreiteira-chinesa-deve-terminar-este-ano-escola-no-centro-de-angola/

MACAUHUB FRENCH