Empresa angolana de capitais chineses vai exportar mosaicos e azulejos

15 December 2021

O Complexo Industrial Sino-Ord vai começar a exportar mosaicos e azulejos para outros países africanos no próximo ano, disse Vivaldo Ramos, Director-Executivo da empresa angolana de capitais chineses.

Segundo o Jornal de Angola, o responsável disse que o Sino-Ord tem dois contratos assinados com grossistas da Zâmbia e do Zimbabwe, “boas perspectivas de negócio na Namíbia” e prevê abrir um escritório na África do Sul em 2022.

O grupo está em posição de começar a exportar após aumentar este ano a capacidade de produção em mais de 70 por cento para 40 mil caixas de mosaico e 42 mil caixas de azulejo por dia, disse Vivaldo Ramos, citado pelo diário angolano.

Um grupo chinês investiu cerca de US$50 milhões para construir um complexo com uma área de 400 hectares na província de Bengo, no noroeste de Angola, que emprega mais de duas mil pessoas em três unidades de produção de cerâmica, esmalte e papelão.

(Fonte) Secretariado Permanente do Fórum para a Cooperação Económica e Comercial entre a China e os Países de Língua Portuguesa:
https://www.forumchinaplp.org.mo/pt/empresa-angolana-de-capitais-chineses-vai-exportar-mosaicos-e-azulejos/

MACAUHUB FRENCH