China financia modernização e expansão do aeroporto internacional de São Tomé e Príncipe

24 February 2020

O financiamento para a modernização e expansão do aeroporto internacional de São Tomé e Príncipe vai ser garantido pela China ao abrigo de um acordo assinado sexta-feira em São Tomé.

O embaixador da China, Wang Wei, que não divulgou nem o montante envolvido nem a data de início das obras, adiantou que “tudo ficará a depender dos trabalhos técnicos de preparação a serem desenvolvidos por ambas as partes.”

“A assinatura deste acordo é o resultado de anos de trabalho e da cooperação entre a China e São Tomé e Príncipe”, disse o diplomata chinês.

Wang Wei sublinhou ter havido algumas dificuldades no início das obras, mas garantiu que as partes vão procurar “superar essas dificuldades e levar a um ponto que nós todos desejamos.”

O acordo de financiamento assinado pelo ministro das Obras Públicas, Infra-estruturas, Recursos Naturais e Ambiente, Osvaldo d’Abreu, em representação do governo são-tomense, prevê o aumento da pista de 2170 para 2800 metros, bem como a ampliação do parque de estacionamento dos aviões.

Inclui, entre outras intervenções, a recuperação do sistema de iluminação, actualização do controlo de tráfego aéreo e do terminal de carga.

O ministro são-tomense referiu que, no final das obras, o aeroporto internacional de São Tomé e Príncipe “disporá de infra-estruturas modernas e com a dimensão capaz de acolher aviões de grande porte, o que de momento não é possível.”

Um estudo do Banco Mundial tornado público em 2018 informava que as obras de expansão da pista e de modernização das restantes instalações do aeroporto internacional de São-Tomé tinham um custo estimado em 31 milhões de dólares.

O embaixador da China havia afirmado em Junho de 2019 que o projecto de modernização e expansão do aeroporto internacional de São Tomé estava a avançar e que a viabilidade de construção de um porto estava a ser analisada.

O primeiro-ministro da China, Li Keqiang, recebeu em Março de 2019 em Boao, província de Hainão, o seu homólogo são-tomense, a quem manifestou a disponibilidade do seu país para financiar aqueles dois projectos. (Macauhub)

MACAUHUB FRENCH